Fechar janela | Imprimir página

Poesia Incompleta

Índice:

Quatro Amores de Cidade
Blue Moon
Bolero Lisboeta
Barcelona
São Paulo
Retratos dos Amores de um Adolescente Enquanto Cão
Imbecil Trova Amorosa
A Pretensão
Seus Desejos
Ansiedade Inútil
Rasgo
Rimbaud e Verlaine
Trova Numérica
Amor na Paulista
Sentimental
A Arte de Envelhecer
A Amante Virtual
Benjamin Baptista
Cosme Velho
No Glamour Night
Dia de Chuva
Eutanásia
Things Change
Haicai Malfeito
Segundo Haicai Malfeito
Preto e Branco
Occhi Neri
Por Coerência
Última Parte
Noite de Verão
Mãe
Meu Convite
A Morte do Coleiro
Tarde com Billie
Poesia sem Nome
Meu Amarcord


Blue Moon

Vou sobrevoar o Rio
num aeroplano púrpura.
Por pura loucura,
viajar na noite de lua cheia.

Acelerar mais forte,
ver teu rosto refletido na Guanabara
numa noite clara,
sem tramas ou dramas,
baladas, drogas ou rock.

Queria te ver
bailando a dança do ventre,
envolta em crepes de seda siderais
como as venusianas sensuais.

Minha loucura
desemboca nas artérias da cidade.
Chego sozinho como um cão que uiva.
Onde estará aquela ruiva?


=>